O pior já era previsto

Sabrina Gonçalves Ribeiro, de 36 anos, foi assassinada a golpes de faca na tarde do último domingo (11), na comunidade Cachoerinha, zona rural do município de Caeteté, o principal suspeito de praticar o crime é Rômulo Renato Fagundes Novaes, ex-marido da vítima. No momento do crime, Sabrina estava na casa de parentes quando Rômulo a esfaqueou. Durante o ataque, a mãe da vítima, Julita Gonçalves Ribeiro, de 56 anos, também foi atingida por um golpe de faca no braço. Ela foi socorrida por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192) e encaminhada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24h) em Caetité. Testemunhas afirmam que esta não foi a primeira vez que Sabrina sofreu agressões. Recentemente, Rômulo teria agredido a ex-companheira e contou o apoio do filho mais velho do casal quando descobriu que ela já tinha outro relacionamento. A vítima chegou a registrar um boletim de ocorrência sobre este fato na delegacia de Polícia Civil. O corpo de Sabrina foi encaminhado para Instituto Médico Legal (IML), na cidade de Guanambi. Romulo fugiu após o crime a ainda não foi localizado.

RÁDIO LCE/LIBERDADE DE IMPRENSA